Vanda Soares dos Reis

Vanda Soares dos Reis

✰ 27/05/1940
✞ 26/11/2012

Pai: Serafim Vaz dos Reis
Mãe: Aide Soares dos Reis

Vanda Soares dos Reis teve uma vida difícil no início. Seus pais moravam no interior do interior do interior do Mato Grosso do Sul, em fazendas. A mãe morreu ao dar a luz ao quinto filho, e deixou os 4 pequenos, sendo que a Vanda tinha 5 aninhos quando a mãe se foi. Começou então para os irmãos um sofrimento que durou toda a infância e juventude. Vanda foi morar com os avós, depois com tios, voltou com os avós, depois com a madrasta. Dos irmãos foi a que menos sofreu, pois a avó gostava bastante dela.

Se casou jovem com Ernesto, teve dois meninos: Itamar e Edmar. Seu sonho sempre foi ter uma menina, mas não aconteceu. O sonho do casamento também deu errado, e em sua época uma mulher separada era “falada”, as pessoas evitavam contato e era tida como mulher da vida fácil, mesmo sendo ao contrário. Vanda arriscou tudo e se separou de um marido que a traía, os filhos foram divididos também. O pai ficou com o mais velho, ela com o menor.

Teve diversos outros relacionamentos. Mulher bonita e vaidosa, Vanda soube viver a vida, apesar da época, talvez tenha nascido no período errado. Uma vez, casada com um rapaz que tinha um casal de filhos, um raio veio a cair na casa, ela teve um desmaio, o marido acabou morrendo. Depois disso ela conheceu um homem que tinha 7 filhos, e com ele, Vanda teve uma relação duradoura, mas que no final das contas também acabou. Ajudou-o a criar as crianças e até o fim da sua vida, teve a companhia dos filhos adotivos também, que sempre a consideraram como mãe.

Adorava viajar, amava praia, jogava bola com a molecada mesmo depois de já ter netos. Morou um tempo em São Paulo com a sua sobrinha, cuidando dos filhos dela, depois começou a adoecer, com uma dor nas juntas. Voltou pra Campo Grande e foi adoecendo cada vez mais, andava pouco, com a ajuda de uma bengala, começou a passar cada vez mais tempo internada no hospital até que veio a falecer, dormindo, na casa do filho mais jovem, com quem morava, Itamar.

Deixou muita saudades. Em tempo, o filho mais velho, Edmar, não compareceu no enterro.

Vanda está enterrada no Cemitério Santo Amaro, 141A, Lote 45.

Code_Vanda_8cm

Memorial2 comments

Comentários